RSS

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

A maravilha do ato de escrever!


Este post foi sugestão do meu marido, e por isto ele está aqui agora. 

- Querida, eu fico fascinado pela tua facilidade de escrever! Incrível como em questão de minutos você consegue expor em palavras o que pretendes! Por que não escreves sobre isto?

- Vamos lá, aqui estou!

Não me lembro exatamente do momento que aprendi a escrever e a ler. Lembro sim da cartilha, das figuras e das professoras que me introduziram neste mundo fascinante. Lembro de ter me apaixonado pela língua portuguesa rapidinho, pois tive a sorte de ter excelentes professoras ao longo de minha trajetória escolar.

Sempre pratiquei a escrita. Desde que aprendi, era comum me ver escrevendo, seja um diário, seja um resumo do livro que eu li, seja uma redação sobre as férias, seja somente treinando com a outra mão escrever, forçando as articulações pelo simples desejo de ser ambidestra.

E escolhi a advocacia como profissão.

Meu instrumento de trabalho é o papel. Tive que aprender, e treinar e reaprender a passar uma ideia, um pensamento qualquer e traduzi-lo em letras, na mesma fidelidade da origem. A melhor coisa da advocacia, talvez antes de buscar a justiça que todos almejam, é conseguir transpor em palavras, numa síntese objetiva, uma história real, com começo meio e fim, e concluindo por um pedido.

E fui, cada vez mais, fascinando-me pelo texto escrito. Amo ler um bom texto, pois mais que um aprendizado é, sobretudo, admirar um talento. E são tantos os talentosos que me sinto pequena diante deles.

Só tenho uma certeza: esforço e dedicação são os únicos segredos para qualquer dom aflorar intensamente.

Eu, por aqui, continuo a minha estrada. Este blog é o maior instrumento desta continuidade, num esforço constante pelo aprendizado, pelo amadurecimento e pelo crescimento, em todos os sentidos. E com o saboroso compromisso de escrever, fica mais fácil.

7 comentários:

Isis disse...

Cheguei até aqui(navegando, navegando...) e li o seu texto.
Ha muito tempo sinto uma vontade de escrever, de fazer um blog. Às vezes, parece que está vontade vai explodir.
Meu amor fala pra mim "Escreve...comece...você fica horas na internet...faça"
Acho que me falta coragem, coragem pra me expor.
Este texto mexeu mais um pouco com a minha vontade, mesmo sem nos conhecermos, pode ter certeza, de que me ajudou

Isa disse...

Que lindo Isis, comece a escrever sim...quero ser sua seguidora! Grande bj!

Anônimo disse...

Você tem razão, Isa. O prazer de escrever é indescritível. E seu texto é delicioso.
Um abraço.

José Santana Filho/Crônicas e Reflexões

Isa disse...

Obrigada José...você é um dos talentos que mencionei. Seu blog é maravilhoso!

Dri_Guedes disse...

Olá, Isa!
Gostei mto do seu Blog! Qdo eu tiver mais tempo, vou ler suas postagens com calma.
Eu comecei com essa "coisa" de Blog há cerca de 1 mês. Ainda estou aprendendo a mexer e vendo como funciona...
Bjinhs!

Manu disse...

Ah escrever... Tb amo escrever e como ainda sou estudante de Direito faço valer os 'direitos' do meu pessoal através da escrita... hahahahah Já consegui sucesso em muitas empreitadas.
Eu tb comecei a ler e escrever bem cedo e adorava ir pra escola, ler, fazer redação e adoro fazer prova! Juro! hahahaha desafiar é meu nome do meio... Um Beijão!

Isa disse...

Temos muita coisa em comum Manu...venha sempre, bj!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...